terça-feira, 8 de março de 2011

Cinzas


 - eu queria cheirar até virar pó
- tem jeitos mais bacanas de se deprimir
- sabe... até não conseguir abrir os olhos e não sentir mais a boca. Até saber que o nariz tá sangrando. Acho q vou escrever pra aliviar
- Melhor. Pelo menos você ainda tem inspiração

O que estou fazendo?Chorando. Deitada num chão cheio de pêlos que não consegui tirar com vassoura nem pano molhado. Cansada de não me sentir querida, de não ter onde chamar de lar e de saber que amanhã, tudo de um modo diferente, vai se repetir.
Não há carnaval, pipocas ou filmes que me faça levantar para sacudir o astral, só faria eu me sentir pior, tentando feito uma menina inocente e tola driblar os sintomas dessa coisa vazia que sinto.
Uma faísca da vela azul acaba de subir e justo hoje que vi um filme falando sobre sinais. Segundos. Outra faísca. Um pedido. Uma casa. Um sonho. Desejo.
Parece que uma azeitona está presa no final da goela que grita “vai-vai”. Penso. Melhor sair para engolir algo de vez, já terminei este texto.




5 comentários:

crisemocional disse...

Nada que eu possa dizer ou fazer fará com q eu me perdoe. Esse texto é de uma gde melancolia. Não permita q o final de sua história seja atacada pela fase ruim. Te amo mto.

Carol Bonando disse...

Não podemos misturar minhas invenções e influências (tinha acabado de ver Bruna Surfistinha) com a minha vida real. Eu não uso drogas! =D

LATAN disse...

Solidão é triste mas passa, passa o pó com o vento, passa a fome d ter alguem e passa com o tempo, q quando vi já passou... bjos

Krika Bonando disse...

Estar em solidão significa estar consigo mesma...tire td de bom dessa fase ou desse momento. bjss

Aline Miranda disse...

Bruna Surfistinha tb é inspiração, quem diria?

;)