segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

CURTA ESPELHO

Olá,
Este é meu primeiro filho vídeo, de muitos que virão! Se alguém tiver alguma idéia e força de vontade para colocar as mãos na massa, pode me chamar que eu participo do projeto.
Abraços e claro, obrigada Fred Arêde, Guilherme Cascais e José Soares, o nosso filho é lindo!!! = ) DIVULGUEM e procurem concursos de curtas de um minuto.

Carolina Bonando

ESPELHO_1

14 comentários:

manuel marques disse...

Por vezes à noite há um rosto , Que nos olha do fundo de um espelho E a arte deve ser como esse espelho , Que nos mostra o nosso próprio rosto .

Beijo.

▒▓█► JOTA ENE disse...

Amiga, gostei... eu não faria melhor, rs

Bjossss

bruno nobru disse...

oi Carol, andei meio sumido de seu blog mesmo, essas coisas de final de ano e começo acabaram me deixando mais interno..
acabei de ver seu vídeo-filho, achei muito bacana e lindo, fui a sentir pelo meu rosto também.. o quanto estranho, desproporcional e interessante é, a pele, o corpo têm sido cada vez mais importante, o que mais temos e por vezes esquecemos.. sinto ainda mais a unha de meu pé..

Simone P. Cardoso disse...

Oi Karol,

Adorei o seu blog. O filme ficou super lindo. Você vai concorrer com ele em algum lugar? Merece prêmio.

Eu tenho outros dois srsrsrs.Um sobre relacionamento e o outro erótico. TTem os links na comunidade.

Bjokas e parabéns.

ociosoanônimoautorizado disse...

ressalva antes do comentário: acho muito bom que esteja produzindo e reparei nitidamente uma preocupação com o resultado final. isso já vale a existencia do video. e eu gostei. não achei foda e o melhor do mundo mas tem um ar quase ingenuo legal. e o mais importente - SÃO OPINIÕES PRÓPRIAS - acate-as ou não.


achei interessante o clima e os planos. com um que de sujeira espelhada e aquela luz quente dando um ar intimista e enaltecendo a sexualidade do momento intimo. [falando de forma bem CULT]

achei tbm corajoso pelo fato de se expor um tanto vaidosamente, ainda que vestida num personagem, não necessariamente sendo vc.

na locução rolou uma nuance de tom de fala, ora legal, ora bobo ["encasquetei","muita gente repara no meu jeito de olhar"] , ambos com um ar literário que acho que ainda poderia ter mais vida que já tem, de forma mais suave, mas isso é foda mesmo de acertar, mas é sempre tomar cuidado pra não ficar superatuadoemallido.
acho que valeria regravar a locução, pois:
- poderia ser mais pausada
- e mais cuidadosamente preparada nos ruidos que as vezes saem ao falar um "t" por exemplo [uma espuma para microfone talvez resolva], a não ser que faça parte da ESTÉTICA.


não gostei da imagem saindo e a locução continuando.


acho que é isso. desculpe se magoei, mas prefiro a sinceridade que pode doer e talvez transformar.
OU NÃO!


parabéns
beijo

Carol Bonando disse...

Olá, os poofs do microfone foram editados já. As nuances da locucao foi intencional, mas não é fácil... não sou locutora nem atriz, então fiquei com muita vergonha! Eu quase precisei tomar uma garrafa de vinho para gravar esse curta, você não tem noção! hehehe Mas, valeu a crítica, nas próximas vezes vou poder $ fazer melhor espero, e ter um resultado que agrade mais a todos. Mas quero que saibam de uma coisa, esse curta foi um parto feliz. Porque editarm sem ilha, fazer locucao sem microfone, gravar sem equipamento, finalizar sem saber mexer nos programas... foi tudo muito amador e o resultado não foi tão amador assim. Estou hiper feliz com o resultado, mesmo sabendo o que poderia ter sido melhor. Abraços e aguardem, em breve estou com outro curta que já estou começando a juntar os engredientes.

José Augusto Nozes Pires disse...

Uma curtíssima mui interessante. Aguarda-se mais.
P.S.Uma cor muito boa e um rosto muito expressivo.

Mariana Montenegro disse...

Querida Carol,
Que surpresa! Você sempre talentosa, hein?! Saudades, precisamos marcar um encontro.
Beijos,
Mariana

joao carlos disse...

oii carol,

olha eu aqui denovo....so pra te cobrar o espelho 2....rsrs....e da proxima vez nao precisa tomar uma garrafa de vinho....rsrs....toma um wiskinho....rs

ass. teu xará bona

C Valente disse...

tambem gostei de passar por aqui e vou voltar
Adorei este pequeno video
Saudações amigas

Nilson Barcelli disse...

Gostei do vídeo.
A Carol surpreendeu-me, porque nunca imaginei que o guião fosse esse.
Acho que ficou bom, embora não custe nada reconhecer que poderia fazer melhor (isso é sempre possível).
Mas eu não faria nada melhor, antes pelo contrário...
Querida amiga, fico à espera do próximo. Como sugestão, vc pode continuar a falar de partes do seu corpo. Por exemplo, as mãos, o andar, etc., etc.
Boa semana, beijos

Expressar - Arte e Oficio disse...

Comentario duvidoso, Adorei o curta, o texto original é excelente, quem te conhece deve saber o quanto ele fala de voce, quem não te conhece deve perceber o quanto ele fala de um momento intospectivo importante. Apesar de a primeiro momento parecer um video talvez narcisista , peca quem para por ai o pensamento, se conhecer é a base para conhecer e aceitar todo o mundo a sua volta, sem autoconhecimento e aceitação não se pode ter uma visão ou sensibilidade clara sobre o que lhe toca, pessoas e fatos. logo é um tema essencial.
Muito bom participar da criação desse curta, vi todos se esforçando pra produzir, um trabalho não remunerado, o que facilmente vejo sendo feito nas coxas, justo por isso, bom ver que pra uns criar ainda é importante. Bom ver os comentarios desde os elogios às criticas.
Frederico Arêde,
Ps.: e a equipe meus parabéns

▒▓█► JOTA ENE disse...

ººº
Não se actualiza, amiga?

Zé do Cão disse...

A presença do JOTA e a sua opinião, é motivo de bom gosto.

Bj.