sábado, 22 de novembro de 2008

Alucinações

Um bicho peludo, branco, com olhos vermelhos pula pelo quintal. Com suas orelhas enormes ele ouve um walkman e assobia alto como se morasse sozinho naquela casa. Ele se esquece de que mora com mais sete pessoas. Fiel é seu nome, seu apelido, sei lá. Não nos falamos. Maria é sua melhor amiga, é a única que lhe dá cenouras e não ração como o resto das pessoas fazem. Eu não dou nada, só uns banhos d’água quando ele me estorva muito com sua cantoria, aqui na minha janela.

Azul é minha janela.

Quando olho para o pombo em cima da cruz da igreja, consigo enxergar o que ele observa. A praia do Flamengo é o que o pombo mais admira. Na areia sempre tem um resto de comida, ou um detrito boiando na água que nem mesmo ele consegue identificar. Omar é o nome do ator que conheci ontem no casarão da Bambina, mas seu amigo...

O seu olhar encantador não sairá tão logo dos meus desejos.

Caminhando para me encontrar com o metrô, desço as escadas lentamente, lendo um livro Sobre Viagens e Fugas. Paro há quatro degraus do fim e cruzo o ombro com o ombro de mim mesma, espelhada pela retina dos meus próprios olhos, o livro voa de Botafogo à Del Castilho. Sortidos pensamentos sobre ter podido me enxergar através do reflexo das minhas órbitas, e no meu cosmo senti o cheiro da terra deste planeta em que vivo. Senti o cheiro da chuva na terra, levantando o outono em cima das folhas espalhadas pelo corredor do metrô.

O coelho agora adormece ouvindo Você Me Vira a Cabeça de Alcione. Enquanto esquento meu pão com manteiga... “Por que você não vai embora de vez? Por que você não me liberta dessa paixão? Por que você não diz que não me quer mais? Por que não deixa livre meu coração? Mas tem que me prender, tem que seduzir só pra me deixar louca por você, só pra ter alguém que viva sempre a seu dispor...”

O sabão até os pulsos pulsa para fora o pulso da água.

16 comentários:

.Hammër disse...

wwwwwooooooowwwww. bom demais Pimentinhaaaa.. putakeopariuuuu.. ehehehehehe.
Não tenho mto tempo de ler seus textos e entrar no blog, mas me surpreendo qnd entro e vejo seus trabalhos.. fodas demais.. ;)

Sucesso sempre minha eterna pimenta! =)

Bjo.

zer0ck disse...

To mais confuso lendo isso do que tentando te entender..........
se eu puder dizer alguma coisa que preste diria:
cada pessoa encherga o que é possivél dentro do mundo em que vive caso contrario enchergaria apenas o obivio

Bruno disse...

Nossa! Estou lendo até aqui e vou tentar resumir tudo neste post. Seus textos provocam a imaginação, instigam a querer saber sempre mais e mais. Quanta inspiração para nos inspirar!
Quero sempre continuar a ler seus contos...
Bjs!

Nilson Barcelli disse...

Terá sido por causa dos seus banhos de água que eu abandonei o meu bicho peludo azul...?
Aquele aqui ao lado sou eu, alucinado e paciente, a tentar encher um copo furado de areia...
Este aqui também sou eu, a ler as suas alucinações, que me causam mais perguntas que respostas, mais dúvidas do que certezas. Enfim, conseguiu o seu objectivo, acabei de me cruzar com o ombro de mim meso. Ou então o ombro era o seu e eu nem reparei, mais entretido que estava a decifrar o indecifrável à janela azul das suas palavras.
Beijinhos.

vanessa disse...

Muito bom !!! vcé sua criatividade.
Cada vez que leio fico surpresa ...
Parabéns.....
Saudades.....
E que as vezes não dá p ver meus filhotes e cuidar de casa e dificil ...entar p ler ..
Mas qdo deer , pode deixar que leio e faço um comentário..
bjos fica com Deus..

cristina disse...

texto mto bom, sabor de quero mais......rs te amo!

ZANATÓRIO disse...

vc ainda vai escrever um livro!!

bjusss

Rafael disse...

A gente se vira como pode. Bom texto. Alucinações são ecos de realidades possíveis que buscam ofuscar a realidade que é. É a linha entre a loucura que queremos e a realidade que nos bate.

Ângelo disse...

Estou tendo fortes alucinações depois de ler este texto. E já lhe falei que carne de coelho é bem saborosa, auhauhuaha.

Bejim

Rafael disse...

Quando mais podemos planejar o futuro além de agora? A cada segundo o futuro vira o agora. Não acredito que alguém planeje algo sem evitar os erros cometidos no passado. A questão é que mesmo sendo evitados, nada impede que eles ocorram novamente. É nossa imperfeição dando as caras. A questão é se há intenção de repetir o erro, se há contribuição para que ele se repita.

O LendariOo disse...

Adorei essa primeira história ainda bem que você me explicou o que a alcione está fazendo ahi, acho que se você colocasse so-sick
iria combinar mais, tambem é uma ótima musica romantica e que tem mais a sua cara....
Show seu blog...pode crer que vou continuar passando nele sempre.
deixe ele sempre bem atualizado eu sempre quiz ter um flog bem legal mas acabei desistindo da primeira vez mas não esqueça sou CAP nunca paro..ainda vou fazelo...

Hasta el final .....

BesOoOs Liiindaa...Primeira Aula !

:oD

Deisis Rodrigues disse...

nossa hein, vc é realmente uma artista, adorei os textos, demorei um pouco pra ler, mais terminei ...rssr
sucesso..beijos Deisis

Samuel disse...

Li o seu txt, quando ia comentar, vi que O BRUNO disse tudo Carol.
"Seus textos provocam a imaginação, instigam a querer saber sempre mais e mais. Quanta inspiração para nos inspirar!"
bjs
Samuel Shor

Thiago disse...

po cara, esse eu curti a primeira parte. + sem duvida ,jeito pra coisa vc tem...

Nilson Barcelli disse...

Bom fim de semana.
Beijinhos.

rafael disse...

cacete... tu só pode ser doida...


rsrsrsrs

Me chama pro lual...
bjos